Nova Planilha para Cálculo de Verbas Rescisórias

A primeira versão desta planilha foi publicada em 23/13/2018 e calculava apenas verbas rescisórias por dispensa sem justa causa. Ver aqui.

Posteriormente, em 17/08/2018, publiquei uma nova versão em que era possível calcular rescisão por dispensa sem justa causa, pedido de demissão ou término de contrato a prazo determinado.

Depois de muito tempo sem nada publicar e sem atualizar as planilhas, as duas versões de 2018 ficaram desatualizadas em relação ao cálculo da contribuição previdenciária.

Nesta nova versão, além da atualização da tabela do INSS, a planilha apura eventual IRRF com dedução de dependentes, conforme demonstrado abaixo.

Indenização da data base:

A planilha permite verificar se será devida a indenização da data base prevista no art. 9º das leis nº 6.708/1979 e 7.238/1984.

O usuário tem apenas que informar a data base, conforme demonstrado na imagem abaixo:

Multa do art. 477, da CLT:

A planilha também apura se é devida a multa do art. 477, da CLT. Para que esse cálculo seja possível, o usuário tem apenas que inserir a data do pagamento das verbas rescisórias:

Uma vez inserida a data de admissão e a data da comunicação do aviso prévio, a planilha calcula automaticamente as seguintes verbas:

  • Saldo de salários;
  • Aviso prévio proporcional ao tempo de serviço;
  • 13º salário proporcional;
  • 13º salário sobre a projeção do aviso prévio indenizado;
  • Férias proporcionais;
  • Férias sobre aviso prévio indenizado;
  • Férias vencidas (se houver);
  • Terço constitucional de férias;
  • Horas extras e adicional noturno do mês da rescisão e respectivos reflexos em DSR;
  • Adicional de insalubridade / periculosidade, se for devido.

Para utilizar adequadamente esta planilha recomenda-se a leitura dos dois posts anteriores, pois todas as instruções e esclarecimentos foram prestados naqueles posts.

Versão 1 – veja aqui

Versão 2 – veja aqui

Planilha:

Baixar planilha

1 comentários em “Nova Planilha para Cálculo de Verbas Rescisórias

  1. Bom dia Gilberto, uma ideia para a próxima planilha a desenvolver seria criar uma planilha de cálculo do 13º com todas as integrações (Exemplos: HE, comissões, insalubridade, periculosidade, DSR, adicional noturno, tempo de serviço, gorjetas, quebra caixa, etc….) com a 1ª parcela até calculando as médias até Outubro, 2ª parcela calculando até Novembro e a residual em Janeiro, para ver se nosso sistema de folha está fazendo corretamente as médias para as integrações. Uma sugestão, abraço.
    Trabalho em escritório contábil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.